BLOG

Maior Cajueiro do Mundo

Dicas de viagem

Publicado em 15 de julho de 2020 | Atualizado em 21 de setembro de 2021

Maior Cajueiro do Mundo

maior cajueiro do mundo é uma das principais atrações da praia de Pirangi do Norte, localizada em Parnamirim, município próximo à capital potiguar. A árvore majestosa atrai curiosos de todo o Brasil a cada temporada e pode ser seu próximo destino!

Qual a origem do cajueiro?

Os primeiros relatos sobre a história do cajueiro remontam ao século XVI. Podendo alcançar até 20 metros de altura, o cajueiro é uma árvore voluptuosa, provedora de um dos frutos mais brasileiros que existem – o caju.

Perpetuada até mesmo em canções, como em “Cajueiro Velho” de Luiz Gonzaga, a árvore foi disseminada pelo mundo desde a época das navegações e, atualmente, tem como principal produtor mundial, a Índia.

O cajueiro de Pirangi

O Rio Grande do Norte tem como cartão-postal suas belas praias e infinitas dunas de areia e, em meio a essas belezas naturais, o Estado foi agraciado com a árvore com mais de 8.500 metros quadrados de extensão e produção anual de oitenta mil cajus, o equivalente à colheita de setenta árvores comuns.

Em 2012, pensando na expansão frequente dos galhos, foi criada uma barreira para que o avanço não prejudique o trânsito da Rota do Sol e o crescimento exuberante do cajueiro.

Como surgiu o maior cajueiro do mundo?

A árvore foi plantada em 1888, no séc. XIX, pelas mãos do pescador Luís Inácio de Oliveira, falecido aos 93 anos de idade. Seu legado para a cidade de Parnamirim permanece vivo e forte até os dias de hoje.

Há uma explicação científica?

A árvore foi estudada devido ao seu crescimento contínuo e nada convencional. Os resultados apontaram anomalias genéticas como a causa para esse fenômeno natural.

O crescimento horizontal dos galhos provocou o peso necessário para que atingissem o solo e desenvolvessem novas raízes, que por sua vez, criaram novos galhos. O maior cajueiro do mundo chegou a ser apelidado de “O Polvo” em 1955, pela extinta revista O Cruzeiro.

Disputa pelo título

Em 2015, pesquisadores das principais universidades do Piauí divulgaram dados para comprovar que o título de maior cajueiro do mundo pertence à cidade de Cajueiro da Praia.

De acordo com os dados, a árvore piauiense possui trezentos metros quadrados a mais do que o exemplar potiguar. O título, no entanto, não foi alterado, permanecendo com a árvore de Parnamirim, registrada em 1994 no Guiness Book – O livro dos recordes.

Como chegar ao cajueiro – Visite Natal/RN

Ao visitar Natal, conte com a Marazul Receptivo para conhecer o destino, que pode ser acessado por carro ou ônibus. O maior cajueiro do mundo está aberto para visitação o ano todo, com a possibilidade do turista provar uns dos oitenta mil frutos entre os meses de dezembro e janeiro.

Atrações de Pirangi do Norte

Além da praia, conheça o mirante de observação e passarelas, produtos regionais e lojas de artesanato. A cidade possui pouco mais de 200 mil habitantes e está localizada próximo a outros pontos de interesse como a Lagoa de Alcaçuz.

Entre em contato para definir seu roteiro e conhecer um dos mais belos Estados brasileiros. Nos vemos em Natal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *