Natal tem muitas atrações, é claro, se você não quer perder tempo tem como optar em conhecer a cidade contemplado com uma parada na praia de cotovelo e o maior cajueiro de mundo, tudo isso, regado com muita cultura e um roteiro cheio de história encantadora.

O passeio começa pela Via Costeira, que é uma via expressa e litorânea de aproximadamente 10km que faz a ligação entre as zonas sul e leste de Natal, até chegar a praia de Areia Preta onde se localiza o relógio solar ( Os raios solares que fazem a função de ponteiro juntamente com a sobra, sim, ele nunca atrasa, pelo menos de dia), logo ao lado tem-se a vista do Farol de Mãe Luiza o qual tem seu nome em homenagem a uma velha parteira que também deu seu nome. Segue mais um pouco e passamos pela Praia dos Artistas, esse nome foi dado pelo fato da vinda dos americanos durante a segunda guerra em Natal, era comum muitos artistas da América  chegar em solo potiguar fazer shows pela praia e assim nasceu o nome “Praia dos Artistas”.
Seguimos para a Fortaleza dos Reis Magos, que é o marco da fundação da cidade de Natal, mas essa parte vamos deixar com o guia, afinal o Forte é um passeio que merece bastante atenção pela importância do início da cidade, ali tudo começou.
Forte dos Reis Magos

Seguindo pela antiga Ribeira, cidade alta, vista do Rio Potengi e muitos casarões e histórias da cidade que só o guia tem aquela habilidade de contar com uma pitada de humor durante a viagem pra ficar sempre com expectativa a cada curva o que vem pela frente. Uma delas você descobre a Coluna Capitolina, monumento presenteado a Natal pelo então ministro italiano Benito Mussolini, para comemorar a travessia do atlântico, realizado em 1928.

Coluna Capitolina
Centro de Turismo

Terminando a parte histórica da cidade, prédio e cultura, seguimos para o Centro de Turismo (que já foi antigo presídio de Natal) e as noites funciona o “Forró com Turista”, um tradicional forró que acontece todas as quintas e atraia gente de toda parte do Brasil e do mundo pra o “arrastapé”. O Artesanato é de encantar os olhos com tantas opções e claro, lá com certeza você vai achar aquela lemnbrancinha para não sair de mãos vazias.

Depois é hora de seguir e  partir para a Barreira do Inferno, base da Força Aérea Brasileira para lançamentos de foguetes. Fundada em 1965, que se tornou a primeira base aérea de foguetes da América do Sul…caminho das praias da zona, sua praticamente é uma parada obrigatória em quase todos os passeios. Logo depois vem a parte de relaxar na maravilha praia de Cotovelo, logo perto, praia calma de um banho morno, tranquilo, com um excelente serviço de bar e restaurante, vale a pena cada segundo explorando este cenário.
Barreira do Inferno
Artesanato no Centro de Turismo

O passo seguinte, conhecer o maior cajueiro do mundo, que fica localizado na praia de Pirangi, cobre uma área de 8 500 m², a árvore tem mais de 130 anos e você irá andar por trilhas de baixo das copas. Aa árvore tem uma anomalia que os galhos crescem para os lados, caindo ao chão, criam raizes secundárias e assim criando uma nova expansão.
Praia de Cotovelo

O passeio termina em uma visita a feirinha que fica no parque do cajueiro, com diversas opções do artesanato local e claro, muita castanha de caju que não pode faltar.