Quem não gosta de passear e conhecer lugares paradisíacos? E não há quem se arrependa quando escolhe o Rio Grande do Norte para conhecer com mais intensidade. Falando em passeios inesquecíveis, a nossa dica é a Praia de Perobas, município de Touros – um dos destinos mais bem conceituados por turistas e potiguares que aproveitam o paraíso pertinho da capital.

A 78 km de Natal, a praia de Perobas é um lugar calmo, daqueles perfeitos para descanso em família, passeio entre amigos e um dia para relaxar. A praia ainda é pouco frequentada pelos potiguares, porém, disputadíssima pelos turistas que escolhem o destino através da Marazul Receptivo.

Apesar de bem pacato, o distrito de Touros possui uma boa estrutura de hotéis, pousadas e restaurantes. É fácil encontrar leitos disponíveis e preços variados.

O QUE FAZER EM PEROBAS?

Um dos passeios mais disputados é o mergulho nos parrachos de corais. Com cota diária de 100 pessoas por dia, a viagem é um misto de adrenalina, euforia e encantamento.

Para se chegar aos parrachos é preciso ir de lancha. São 5 km mar adentro. A emoção do percurso vaia com o ânimo do mar. Há dias em que a adrenalina é maior, em outros, há calmaria.

Depois de uns 15 minutos, chegamos ao paraíso de água cristalinas. A beleza do lugar impressiona até mesmo quem já é acostumado: águas calmas, paisagem de cor azul cristal, peixes por todos os lados e corais vivos.

Leverrier Monteiro é o nosso guia credenciado Marazul que faz esse passeio todos os dias e se compromete em preservar o lugar. “Nós estamos em uma área de proteção ambiental, tudo aqui é preservado e só é bonito desse jeito por isso. A gente faz de tudo para não deixar lixo aqui e respeita o período em que os corais descansam e se recuperam”, enfatiza.

O período de descanso dos corais compreende 20 dias no final do primeiro semestre do ano. Durante esse tempo, nenhuma lancha tem autorização para frequentar os parrachos. É uma forma de preservar a vida dos corais.

O serviço de bar nos parrachos é uma comodidade. Os turistas conseguem aproveitar o passeio, beber e comer o melhor da gastronomia local. Ao todo, o passeio dura em média 2 horas.

ONDE COMER?
Camarão vila franca é um dos pratos mais pedidos no Restaurante do Vozinho

O passeio termina na cidade visinha: Rio do Fogo. O município que preserva o ar de vilarejo de poucos habitantes e vida simples tem um destino com um diferencial inusitado: o encontro do rio com o mar.

Dá pra curtir a praia, o rio e os atrativos de passeios. A indicação é o Punaú Praia Hotel que também tem estrutura de brinquedos (caiaque, aerobunda e esquibunda). Há possibilidade de se hospedar no hotel ou apenas usufruir da infraestrutura do lugar para aproveitar o dia. A dica é o passeio de quadriciclo com duração de 1 hora e vistas exuberantes.

 

Anna Alyne Cunha
Jornalista / DRT 1598